Logotipo Primeiro Bar
10/02 sábado | Bloco do Primeiro - Fogaréu com Renata Jambeiro e Candanguero!

10/02 sábado | Bloco do Primeiro - Fogaréu com Renata Jambeiro e Candanguero!

E no segundo dia de folia (10/02), a partir das 16h30 no Bloco do Primeiro muuuuuita música com Renata Jambeiro e Candanguero! O melhor Carnaval é aqui no Primeiro! 

Conheça Renata Jambeiro:

Renata Jambeiro, brasiliense, nascida em 22 de dezembro de 1981 é cantora, atriz, dançarina e preparadora corporal que aos 9 anos de idade já ensaiava os primeiros passos no palco. Formada em Artes Cênicas, pela UnB (Universidade de Brasília), a finalista do Prêmio da Música Brasileira-2016 (categoria melhor cantora de samba) foi premiada com seu mais recente álbum, "Fogaréu" na coletânea Prêmio Grão de Música-2016 e tem sua música “Levanta” (em parceria com João Martins) na trilha sonora da novela das 21h, da Rede Globo, A Lei do Amor, 2016.

Desde o início de sua trajetória transita entre teatros intimistas e grandes palcos para multidões com sua performance que faz vidrar os olhos e pular o coração. Dona de multi-habilidades, Renata atuou em mais de 20 espetáculos teatrais. Reúne 3 CDs (Jambeiro em 2007, Sambaluayê DVD e CD em 2010-11, Fogaréu-2015), Documentário-Tradições do Brasil, prêmio de melhor intérprete, shows por todo o Brasil e em países da África e Europa, temporadas na Lapa|RJ ao lado de Nicolas Krassik. Integra o Bloco Carnavalesco Mulheres de Zeca e o corpo docente do Instituto Mpumalanga-Caravana do Esporte e das Artes (UNICEF/ESPN/DISNEY) com a oficina Jovens Em Ação, que promove protagonismo juvenil por meio da arte. Ministra workshops de samba e de atuação para cantores, além de cantar ao lado de grandes artistas em seus shows dançantes, enérgicos e performáticos que aproximam as culturas tardicionais das novas gerações e atendem o mercado internacional com material genuinamente brasileiro. Jambeiro é calor, é quentura, é Fogaréu, é a cara do Brasil.

Confira uns dos trabalhos de Renata Jambeiro:

Saiba sobre a Banda Candanguero:

O principal tambor do Jongo (ritmo que deu origem ao Samba) chama-se Candongueiro. Era tocado para chamar os negros escravos para a roda. Já o termo Candango é utilizado para designar quem nasce em Brasília, a junção destes termos é o que dá nome ao projeto “Candaguero".

Formado pelo encontro de cinco músicos residentes em Brasília, o grupo Candanguero tem como objetivo apresentar o Samba, aliando a interpretação repleta de emoção de Kiki Oliveira, o moderno violão de Beto Cardoso, o tradicionalismo do cavaquinho de Diego Considera, a alegria percussiva de Artur Senna e a versatilidade musical de Vinícius de Oliveira. Com essa formação é possível passear por clássicos do samba e da música instrumental, valorizando os ritmos afrobrasileiros e composições próprias. No primeiro semestre de 2010 o grupo venceu o festival SAMBA DE QUADRA 2010 - com a composição de Vinícius de Oliveira "Samba é Fineza". É importante ressaltar que todos os integrantes são compositores.

Apresenta-se há dez anos no Armazém do Ferreira, reduto de samba. Considerada a esquina mais carioca de Brasília. O grupo contou com várias participações ilustres, entre elas, Noca da Portela, Carlos Elias, Oswaldinho da Cuíca, Délcio Carvalho, Gabrielzinho do Irajá, Dudu Nobre, Sérgio Magalhães e Cacá Pereira e praticamente todas os artistas de Samba de Brasília. O grupo é bastante querido e respeitado no meio musical da cidade.

A música do Candanguero alcançou terras internacionais em 2011, apresentou-se na III Semana Cultural do Brasil en el Peru, no Teatro Municipal de Arequipa e na Embaixada do Brasil em Lima.

Confira uma de suas apresentações: https://www.youtube.com/watch?v=NLNl56iFgoo

 

Carnaval animado é aqui no Melhor Bar de Brasília!

*Ingressos na entrada do bar.

Vem pra cá: https://goo.gl/sk9Uez
Sudoeste - SIG Quadra 08 Lote 2385. (61) 3028-1331